Após reabertura do caso, Justiça aceita denúncia de homicídio no caso Thomas Felipe

Homem suspeito de matar Thomas Felipe virá réu. Polícia retoma as buscas pelo corpo de Thomas

Thomas Felipe (Divulgação)
Thomas Felipe (Divulgação)

A Justiça aceitou a denúncia do novo promotor e tornou réu o suspeito de ter cometido o homicídio de Thomas Felipe, homem transexual que está desaparecido desde junho do ano passado, em São José dos Campos.

No inquérito, a Polícia Civil tratou o desaparecimento de Thomas como homicídio, porém, no começo de março, o Ministério Público pediu o arquivamento do processo. Após protestos da família e instituições, a Justiça determinou a reabertura dos autos e a troca do promotor responsável.

Com a nova apelação, do promotor Daniel Gruenwald Lepine, o caso se tornou uma ação penal e o suspeito réu. Com o corpo de Thomas ainda desaparecido, a Justiça pediu que a polícia retomasse as buscas.

De acordo com a presidente da Comissão de Diversidade Sexual e de Gêneros da OAB de São José, Carla Silvério Barbosa, não há dúvidas de que o suspeito havia cometido o crime. “O trabalho da Polícia Civil foi impecável. Todas as diligências e pericias foram feitas. O suspeito foi identificado e chegou a confessar o crime”.

INVESTIGAÇÃO

Thomas Felipe, de 29 anos, desapareceu em junho de 2021, após chamar um carro de aplicativo na zona leste de São José. Uma grande campanha foi feita nas redes sociais para achar Thomas.

No inquérito, a Polícia Civil chegou a apontar que um homem teria descoberto que Thomas tinha um “caso” com sua esposa e que ele era suspeito de matá-lo. Mesmo assim, Thomas nunca foi achado.

Por Douglas Cruz | OVale

Deixe um comentário