DIG prende acusado e comparsa da matar ‘Jiló’ a tiros na Vila Juvenal em Cruzeiro

A equipe de investigadores da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Cruzeiro prendeu um jovem de 18 anos, acusado de ter matado a tiros Pablo Vitor Ribeiro, conhecido como ‘Jiló’ morador no bairro Catanga em Passa Quatro no último sábado (23) na Vila Juvenal.

Segundo informações o acusado já teve envolvimento no tráfico de drogas. Além do acusado os investigadores prenderam uma outra pessoa que teve participação no crime.

Ambos os acusados foram encaminhados a Cadeia Pública, onde permaneceram à disposição da Justiça.

O crime

Por volta das 03h00 de sábado (23) Pablo Vítor Ribeiro, conhecido como Jiló, 26 anos, morador em Passa Quatro, foi morto a tiros nas proximidades da casa de shows Aldeia Country na Vila Juvenal em Cruzeiro.

Segundo informações Pablo Vitor, que estava com mandado de prisão em aberto em Minas Gerais, estaria na casa de shows quando teria se desentendido com outros homens.

No desentendimento a vítima teria sido colocada para fora da casa de shows, e um dos envolvidos na discussão sacou do revólver alvejando a vítima na cabeça, cervical e membros superiores.

Foi acionado o resgate, mas a vítima já estava sem vida.

Segundo informações o carro do proprietário da casa de shows também teria sido alvejado. Frequentadores da casa questionaram a falta de segurança e revista rigorosa por parte dos organizadores, o que impediria a entrada de armas no evento.

Por Redação | Portal A Gazeta RM

Foto: Redes sociais

Deixe um comentário