SAMU de Caraguatatuba realiza aproximadamente 5 mil atendimentos no 1º quadrimestre

SAMU de Caraguatatuba realiza aproximadamente 5 mil atendimentos no 1º quadrimestre

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Caraguatatuba realizou no primeiro quadrimestre de 2022, 4.949 atendimentos, sendo que 4.568 foram da Unidade de Suporte Básico (USB) e 381 da Unidade de Suporte Avançado (USA). Em 2021, no mesmo período, foram 4.502 ocorrências.

#PraCegoVer: Ambulância do Samu estacionada na base (Foto: Divulgação/PMC)

Dos casos clínicos, 1.987 foram de atendimentos de mal súbito, um sintoma que pode estar relacionado a diversas causas, desde um quadro de desidratação até doenças mais graves como AVC (Acidente Vascular Cerebral), infarto, arritmias cardíacas e aneurismas. Em seguida, foram 221 ocorrências de convulsão, 134 emergências com gestantes e 66 casos de hipertensão.

Os casos envolvendo acidentes somaram 887 ocorrências, sendo 660 ocasionados por quedas e traumas; acidentes de trânsito envolvendo vítimas foram 107, com moto foram 73 e bicicleta registrou 47.

O SAMU de Caraguatatuba conta, desde sexta-feira (27), com uma nova base para atender a região centro-sul da cidade, localizada na UBS Golfinhos. A unidade atende os moradores dos bairros Jardim Britânia, Pontal Santamarina e Golfinhos, otimizando o tempo de resposta do socorro naquela região.

O serviço no município conta com quatro ambulâncias de Unidades de Suporte Básico (USB), aquelas que atendem casos de menor complexidade e uma Unidade de Suporte Avançado (USA), para atender casos mais complexos, com bases descentralizadas nas regiões Sul, Norte e Centro. Em Caraguatatuba são 65 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e condutores socorristas.

Quando acionar o SAMU?

O SAMU é um serviço gratuito, que funciona 24 horas por dia e deve ser acionado pelo 192 em casos de queimaduras graves, afogamentos, choque elétrico, crises convulsivas, suspeita de infarto ou acidente vascular cerebral, crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito e outras situações consideradas de urgência e emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso. É importante que a pessoa siga todas as orientações da equipe para que não haja complicações.

Por Ascom PMC

Deixe um comentário