Com investimento de R$ 9 milhões, Pindamonhangaba chega a 73% das obras do terminal rodoviário

Construção iniciada em meados de 2020 deve ser entregue ainda no primeiro semestre do próximo ano

Estrutura do novo terminal rodoviário de Pinda; após três anos, obras se aproximam de etapa final (Foto: Divulgação PMP)

Buscando garantir o desenvolvimento e melhores condições de viagens longas, Pindamonhangaba anunciou que o Terminal Rodoviário Dutra ultrapassou 70% da execução de obra e entrou em fase de cobertura. A previsão é que a entrega ocorra no primeiro semestre de 2022.

Com investimento de R$ 9 milhões, o projeto e planejamento da construção tiveram início há cerca de três anos, sob a responsabilidade da empresa KF Construções e Serviços. A área de 26,3 mil m² foi doada ao Município pelos proprietários da Rede Shibata.

Conforme a administração municipal, o empreendimento conta com área de 9,7 mil m² entre plataforma e área de circulação, além do prédio 1,8 mil m². O espaço contará ainda com dez plataformas de embarque e desembarque, estacionamento para ônibus, área administrativa com vestiário, copa, guichês, sanitários acessíveis, fraldário, guarda-volumes, praça de alimentação e boxes para locação de pontos comerciais.

A proposta também foca no estacionamento, que deve contar com área para táxi, motoristas de aplicativo, local para carga e descarga de serviços e vaga para motos, carros e bicicletas. “O novo terminal de Pindamonhangaba contemplará um espaço mais adequado à realidade e ao crescimento do município, oferecendo oportunidades de entretenimento e serviços úteis com espaço para lojas e uma grande praça de alimentação com restaurante âncora”, assegurou a secretária de Obras e Planejamento, Marcela Franco.

A Cidade espera que a região do terminal receba o prolongamento da Rodovia Carvalho Pinto que interligará à Via Dutra.

Por Bruna Silva | Jornal Atos

Deixe um comentário