Federação Médica Brasileira posiciona-se contrária as festas de final de ano e carnaval 2022

A Federação Médica Brasileira (FMB) externa preocupação com as aglomerações de festas de final de ano e com o carnaval 2022. 

A Europa tem sido exemplo das consequências das flexibilizações, como dispensa do uso de máscaras e liberação de grandes eventos, e vive um quadro com aumento severo de casos de contaminados. 

Neste momento, em que a pandemia ainda está sendo controlada, a FMB entende como desnecessárias as aglomerações.

Esse é o momento do gestor público manter empenho na vacinação e na orientação para o distanciamento social e uso de máscaras. 

É preciso continuar seguindo às normas para que a comemoração seja completa em um futuro que logo chegará. 

Com paciência, responsabilidade, vacina e controle sanitário, venceremos a guerra contra o Coronavírus. 

Deixe um comentário