Após denúncia polícia interdita clínica de reabilitação sem alvará em Ubatuba

Local foi investigado pela Polícia Civil após denúncia. Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão nesta segunda-feira (22) três internos disseram estar no local contra a vontade

Clínica de reabilitação sem alvará foi fechada pela Polícia Civil em Ubatuba  — Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Uma clínica de reabilitação foi interditada após uma operação da Polícia Civil nesta segunda-feira (22), na Praia Dura em Ubatuba (SP). O responsável pelo estabelecimento foi preso em flagrante.

Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça, foi constatado que a clínica tinha CNPJ, mas funcionava sem alvará. A irregularidade do local foi descoberta após denúncia.

Durante a operação, três dos internos disseram estar no local contra a vontade deles. Se confirmada, a prática pode caracterizar cárcere privado – o número total de internos não foi informado.

Clínica de reabilitação sem alvará foi fechada pela Polícia Civil em Ubatuba — Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Foto: Divulgação/ Polícia Civil

No local foram apreendidos remédios, alimentos fora da validade, duas máquinas de cartão e um caderno com o fluxo de caixa do estabelecimento.

Em nota, a Vigilância Sanitária informou que interditou o estabelecimento por falta de alvará e porque o zoneamento do município não permite este tipo de instituição no bairro. O auto de infração foi feito por falta de licença e produtos vencidos.

O caso estava sendo registrado pela Polícia Civil até a publicação da reportagem.

Duas máquinas de cartão de crédito e remédios fora da validade foram apreendidos em clínica que funcionava sem alvará em Ubatuba — Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Clínica de reabilitação sem alvará foi fechada pela Polícia Civil em Ubatuba — Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Por João Mota

Deixe um comentário