Corpo de camareira desaparecida em São Sebastião é encontrado e policial civil suspeito é preso

O delegado seccional de Polícia Civil do Litoral Norte, Dr. José Vinciprova Sobrinho, confirmou na manhã desta sexta-feira (22) que o corpo encontrado ontem no local conhecido como “buraco da onça”, em Pouso Alto, bairro de Natividade da Serra (SP), é da camareira Claudenora Cristina Henrique Souza, de 36 anos.

A mulher estava desaparecida desde 28 de setembro, quando  foi vista pela última vez saindo do trabalho em um hotel no Varadouro em São Sebastião. Era seu primeiro dia de emprego neste estabelecimento.

De acordo com o delegado seccional, o “buraco da onça” tem aproximadamente 100 metros de profundidade e ao ser jogado o corpo ficou pendurado em uma árvore a 30 metros do nível da rua. Devido ao estado de decomposição do corpo, o Instituto Médico Legal (IML) não conseguiu concluir como ela foi morta, mas constatou que não houve disparo de arma de fogo.

A investigação apontou como suspeito o policial civil André Araújo Maciel, motivo pelo qual o caso foi passado para a corregedoria, que efetuou a sua prisão.

Dr. José Vinciprova informou que diversas diligências foram realizadas com imagens de câmeras da região e constataram que a última pessoa que esteve com Claudenora foi o policial André. Ele foi buscá-la no hotel após o trabalho no dia em que ela desapareceu.

Segundo as informações, a esposa de André teria tomado conhecimento de um suposto caso extraconjugal entre seu marido e Claudenora após fotos divulgadas nas redes sociais.

Deixe um comentário