Centro Universitário Senac – Campos do Jordão desenvolve pesquisas com farinha de pinhão

Semente da araucária é tema de estudo em diferentes disciplinas da graduação Tecnologia em Gastronomia

Centro Universitário Senac – Campos do Jordão

Árvore símbolo de Campos do Jordão (de acordo com a Lei Municipal 1.264, de 15 de julho de 1981), a araucária se destaca na paisagem da cidade. Além da beleza, sua semente, o pinhão, garante a alimentação de muitas espécies animais, principalmente roedores e pássaros.

Na mesa dos moradores da Serra da Mantiqueira, o pinhão é presença certa, especialmente nos períodos de outono e inverno, em receitas como caldos, bolos, farofas ou sendo consumido cozido ou assado na brasa.

No Centro Universitário Senac – Campos do Jordão, a semente tornou-se objeto de estudo em muitas disciplinas da graduação Tecnologia em Gastronomia. Um desses estudos envolve a pesquisa e a elaboração de preparos culinários com a farinha do pinhão cru.

“A farinha do pinhão cru é um subproduto do processamento da semente que, por não apresentar glúten em sua composição, pode ser empregada na confecção de várias preparações culinárias para indivíduos que sofrem de restrição alimentar, além de agregar valor econômico a esse insumo regional”, ressalta Paula de Oliveira Feliciano, docente do Centro Universitário Senac – Campos do Jordão e uma das coordenadoras da atividade, junto com a docente Roseli de Sousa Neto.

O estudo em andamento tem como proposta a elaboração de diferentes receitas conhecidas, substituindo a farinha de trigo pela farinha de pinhão. De acordo com Paula, trabalhar com alimentos locais favorece a compreensão do contexto regional, ao intervir atividades como análise sensorial, teste culinário com os ingredientes, levantamento de dados regionais, elaboração de receitas e pesquisa de campo, que permite o contato com o mercado local.

Não é de hoje que o pinhão é tema de estudos no Centro Universitário Senac – Campos do Jordão. Em 2020, na disciplina Projeto Integrador II, foram testadas diversas aplicações culinárias com a semente, além da análise de seu comportamento quando sujeita a diferentes tipos de cocção. A pesquisa foi concluída com a confecção da famosa sobremesa Éclair, feita com massa à base de farinha de pinhão e recheio de creme de pinhão.

Vestibular digital

O Centro Universitário Senac – Campos do Jordão está com inscrições abertas para o Vestibular do 1º semestre de 2022 para a graduação Tecnologia em Gastronomia. Alinhada às tendências educacionais, a instituição realiza o Vestibular Digital, com a elaboração de redação on-line ou utilização dos resultados obtidos no Enem entre 2009 e 2020. A taxa de inscrição é de R$ 25.

Para facilitar o acesso ao mundo universitário, a instituição também oferece 50% de desconto no valor do curso para quem concluiu o ensino médio em escola pública, para comerciários e seus dependentes, para alunos e ex-alunos dos cursos técnicos e ensino médio técnico do Senac São Paulo.

Os interessados devem realizar a inscrição pelo site do Senac: https://www.sp.senac.br/graduacao/curso/tecnologia/gastronomia.

Programa de Parcelamento Estudantil Senac

Os ingressantes na graduação presencial do Centro Universitário Senac – Campos do Jordão poderão participar do Programa de Parcelamento Estudantil Senac. A iniciativa oferece a oportunidade do parcelamento de 50% ou 80% das parcelas mensais, com a possibilidade de pagamento somente após o término. O programa é destinado aos candidatos aprovados que tenham renda familiar per capita de até seis salários mínimos, de abrangência nacional.

Para obter informações sobre o Programa de Parcelamento Estudantil Senac, acesse: https://www.sp.senac.br/descontos-e-parcelamentos/graduacao.

Serviço:

Vestibular Digital 2022/1

Centro Universitário Senac – Campos do Jordão

Informações: www.sp.senac.br/graduacao/curso/tecnologia/gastronomia

Taxa de inscrição: R$ 25

Por Laís Reis | Alameda Comunicação

Deixe um comentário