CCR NovaDutra vence leilão e mantém concessão da Via Dutra por mais 30 anos


Grupo terá que investir R$ 14,8 bilhões ao longo de 30 anos da nova concessão da rodovia, que tem 70 anos

Leilão. CCR NovaDutra venceu o grupo Ecorodovias com um desconto de 15,31% na tarifa de pedágio e com valor de outorga de R$ 1,7 bilhão (Rogério Marques/OVALE)

A CCR NovaDutra venceu o leilão da Via Dutra e manterá a administração da rodovia, cujo leilão foi realizado na tarde desta sexta-feira (29), em São Paulo. O certame foi classificado como o maior leilão de concessão rodoviária da história do país.

A concessionária é responsável pela estrada desde 1996 e terá mais 30 anos de contrato para administrar a rodovia, num total de 625,8 quilômetros e investimentos de R$ 14,8 bilhões ao longo da concessão, em ampliação, manutenção e na prestação do serviço público. Estima-se a geração de 218 mil empregos.

Além da Via Dutra, entre São Paulo e Rio de Janeiro, o novo contrato incorpora trecho da rodovia Rio-Santos até Ubatuba.

A CCR NovaDutra venceu o grupo Ecorodovias no leilão com um desconto de 15,31% na tarifa de pedágio e com valor de outorga de R$ 1,7 bilhão.

“É uma concessão para bolso grande, não é para qualquer operador. Então esperamos competição entre grandes operadores rodoviários, uma disputa entre esses maiores operadores que estão no segmento”, disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, em evento promovido pelo banco BTG Pactual antes do leilão.

O leilão é o início do que o Ministério da Infraestrutura vem chamando de ‘Super Infra’, nova temporada de leilões de infraestrutura do governo, que deve captar mais R$ 23,5 bilhões de investimentos no setor.

 Na nova concessão da Dutra, estão incluídos os seguintes trechos:

Dutra (extensão de 124,9 km): início no entroncamento com a BR-465, no município de Seropédica (RJ) e final na divisa dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Dutra (extensão de 230,6 km): início na divisa dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo e final no entroncamento da Dutra com a Marginal Tietê, em São Paulo.

Dutra (extensão de 218,2 km): início no entroncamento com a BR-465, no município do Rio de Janeiro (Campo Grande), e final na divisa dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Rio Santos (extensão de 52,1 km): início na divisa dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo e final na Praia Grande, em Ubatuba.

Por Xandu Alves | O Vale

Deixe um comentário