Buscando apoio na disputa à Presidência, Doria visita Vale nesta sexta-feira

Apoio interno é tido como fundamental na disputa tucana contra o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite

Doria (Divulgação)

O pré-candidato à Presidência da República e governador de São Paulo, João Doria (PSDB), visita São José dos Campos, nesta sexta-feira (8). Na agenda do governador, estão compromissos como o anúncio de investimentos para a região e a participação nas prévias eleitorais do partido.

O principal adversário de Doria dentro do PSDB é o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que já esteve em São José dos Campos no final de setembro buscando apoio de prefeitos paulistas.

Visando debelar essa resistência interna, Doria vem ao Vale do Paraíba ‘preparado’. Estarão presentes na comitiva o vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB), secretários importantes como Henrique Meireles, além da realização de grandes eventos.

MUTIRÕES

Em duas frentes, o governo paulista realizará mutirões voltados ao desenvolvimento econômico do estado. No Centro da Juventude – das 8h às 16h – acontece o RetomaSP, mutirão que concentra vagas de empregos, serviços e orientações a população. Já no Parque Tecnológico – das 9h30 às 16h30 – Doria participa do InvestSP, evento voltado a empresários e comerciantes, que reúne palestras e serviços gratuitos.

Após os eventos, Doria finaliza a agenda na região se encontrando com os tucanos. Às prévias do PSDB de São José dos Campos estão marcadas para às 19h.

Após o Vale, o governador ainda tem compromissos, no sábado (9), em Araçatuba e Presidente Prudente.

SÃO JOSÉ

Felicio Ramuth (PSDB), prefeito de São José dos Campos, está sendo cotado como “aliado estratégico” de Eduardo Leite no Vale e no estado. O prefeito e as principais lideranças do PSDB no Vale estiveram acompanhando o governador gaúcho em São José.

Felicio disse que ainda não se decidiu pelo apoio a Leite ou Doria. “Tenho um pé no muro com o Doria, outro com Leite e ainda vou tomar a decisão de ficar ou sair do PSDB. Nosso diretório é orgânico e vai tomar as decisões certas na hora certa”.

ANTIPETISMO

Principal antagonista do presidente Jair Bolsonaro (PSDB) no país, mesmo tendo apoiá-lo nas eleições de 2018, Doria adotou o discurso antipetista quando fez o registro nas prévias do PSDB em Brasília.

“O antipetismo será predominante na nossa campanha. Nós vencemos o PT em 2016 e em 2018. Fiz essas duas vitórias de maneira republicana, nunca utilizei subterfúgios que pudessem ser condenados. Fiz com propostas, e não com ataques pessoais”, disse Doria em Brasília.

Ele ainda assumiu o compromisso de ter uma mulher na chapa caso seja escolhido para concorrer às eleições do ano que vem.

Por Douglas Cruz | O Vale

Deixe um comentário