Minas distribui mais de 1,5 milhão de doses de vacinas contra a covid-19

Imunizantes Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac fazem parte dos lotes 51 e 52 enviados ao estado pelo Ministério da Saúde

Foto: Fábio Marchetto / SES-MG

Dando continuidade à maior operação de vacinação da história de Minas Gerais, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) iniciou, nesta terça-feira (21/9), o repasse de 1.564.202 doses de imunizantes contra a covid-19 às unidades regionais de saúde. São 342.720 doses da Coronavac, 913.422 doses da Pfizer e 308.060 da AstraZeneca, referentes ao restante do 51º lote e o quantitativo integral do 52º lote.

  • Clique aqui e acesse a planilha de distribuição do restante da 51ª remessa;
  • Clique aqui e acesse a planilha de distribuição da 52ª remessa.


As doses do imunizante CoronaVac serão destinadas para a conclusão da vacinação das pessoas com 18 anos ou mais de idade, dos municípios que ainda não concluíram a vacinação desse grupo, conforme levantamento realizado pelo Grupo de Análise e Monitoramento da Vacinação (Gamov).

Já os imunizantes da Pfizer são direcionados ao reforço da vacinação de pessoas imunossuprimidas, que tenham 28 dias de aplicação da segunda dose, e idosos de 79 a 75 anos de idade, que tenham seis meses da aplicação da D2. Além desses, as doses serão destinadas, também, à vacinação, com a D2, dos grupos dos trabalhadores industriais, das pessoas de 59 a 55 anos, das pessoas de 54 a 50 anos de idade, dos caminhoneiros, das pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas com deficiência permanente.

A vacina da AstraZeneca deverá ser aplicada como D2 nos grupos de trabalhadores da indústria, trabalhadores da saúde, trabalhadores de transporte coletivo e pessoas de 59 a 55 anos.

Até esta terça-feira (21/9), o Governo de Minas já repassou aos municípios 24.426.880 doses de imunizantes contra a covid-19. O percentual de cobertura vacinal com a primeira dose já ultrapassou 88,1% da população acima de 18 anos e a segunda dose já alcança 45,7%.

Tendo em vista o objetivo principal da vacinação, de reduzir casos graves e óbitos pela doença, é fundamental alcançar altas e homogêneas coberturas vacinais. Para tanto, a SES-MG mantém todos os esforços para agilizar a distribuição das doses às Unidades Regionais de Saúde e garantir que a vacina seja aplicada em todo o público-alvo.

Logística

Receberão vacinas por aeronaves do CBMMG as seguintes URSs:

– SRS Governador Valadares
– SRS Teófilo Otoni
– GRS Unaí


Retirarão as vacinas no aeródromo ou na Rede de Frio da URS polo ou receberão em sua própria Rede de Frio as seguintes URSs:

– GRS Pedra Azul (buscar com Teófilo Otoni, que receberá aéreo)
– GRS Leopoldina (com Juiz de Fora)
– SRS Alfenas (com Varginha)
– SRS Uberaba (com Ituiutaba)
– SRS Uberlândia (com Ituiutaba)


Retirarão as vacinas na Central Estadual de Rede de Frio, as seguintes URSs:

– SRS Belo Horizonte
– SRS Barbacena
– SRS Diamantina
– SRS Divinópolis
– GRS São João del-Rei
– SRS Sete Lagoas
– SRS Coronel Fabriciano
– GRS Itabira
– GRS Januária
– SRS Juiz de Fora
– SRS Passos
– SRS Patos de Minas
– GRS Pirapora
– SRS Ponte Nova
– SRS Varginha
– GRS Ituiutaba
– SRS Manhuaçu
– SRS Montes Claros
– SRS Pouso Alegre
– GRS Ubá


Quantitativo

Acesse vacinaminas.mg.gov.br/ e acompanhe o quantitativo de doses recebidas pelo estado a cada remessa, além das principais informações sobre a maior operação de vacinação da história de Minas Gerais.

Foto: Fábio Marchetto / SES-MG

Por Agência Minas

Deixe um comentário