Mãe é presa por enterrar bebê em vaso de plantas em Ubatuba

Jovem escondia sua gravidez dos familiares até ser descoberta pela irmã; feto estava enterrado há três dias

Saco plástico com feto encontrado em vaso de plantas, em Ubatuba; jovem é presa (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil de Ubatuba prendeu na noite da última quinta-feira (5) uma jovem de 22 anos, acusada de enterrar o próprio bebê, recém-nascido, em um vaso de plantas. A mãe, que não havia revelado sua gravidez aos parentes, foi denunciada pela irmã, que encontrou o feto no quintal da casa da família no bairro Bela Vista.

De acordo com a Polícia Civil, a irmã da acusada acionou a corporação após desenterrar o corpo do bebê, que aparentava ser prematuro. Ela explicou que decidiu vistoriar o vaso após encontrar roupas com manchas de sangue da jovem, espalhadas pela residência. A denunciante afirmou que sua família estava desconfiada da gravidez da jovem.

Após retirarem o feto do imóvel, os policiais encaminharam a acusada à Delegacia de Ubatuba. Em depoimento, ela confessou o crime e explicou que deu à luz ao bebê na última segunda-feira (2), numa rua próxima a sua casa, no Bela Vista. A jovem relatou que após gerar a criança na calçada, ela a colocou dentro de uma sacola plástica e a guardou numa mochila.

Já na residência em que mora com a família, a acusada decidiu enterrar o feto no vaso de plantas.

Até o fechamento desta edição, a jovem, que tem um filho de dois anos, permanecia presa. Ela deve responder por infanticídio (assassinato de criança) e ocultação de cadáver.

Por Jornal Atos

Deixe um comentário