Assinaturas e entregas de Rodrigo Garcia em Lorena e Pinda ampliam expectativas de prefeitos


Creche, CDHU e investimentos na saúde, obras, e infraestrutura mantém ritmo de negociações entre Estado e municípios da RMVale

Garcia e o prefeito de Pinda, Isael Domingues; CDHU em Moreira César  (Foto: Bruna Silva)

Três cidades da região receberam a visita do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), que representou o Estado na entrega e assinatura de obras e programas para prefeitos na última sexta-feira (13). A passagem do tucano por Lagoinha, Lorena e Pindamonhangaba atendeu setores como educação, saúde, infraestrutura e moradias, alavancando expectativas para a programação dos próximos meses.

Em Lorena, o foco foi, principalmente, a inauguração da creche-escola no bairro Jardim Primavera, local que sediou a visita do vice-governador à cidade. Os temas habitação, saúde e infraestrutura também estiveram em pauta.

A secretária de Obras e Planejamento Urbano de Lorena, Rosana Reis, explicou que o atraso se deu por problemas estruturais e demora para que firma responsável viesse à cidade. “A obra foi feita pelo FDE, então, demorou um pouco para poder notificar a firma contratada, e mais um pouco, para que a firma chegasse até aqui. Eles constataram algumas falhas de estrutura e consertaram”.

Ainda com atendimentos de creches paralisados por conta da pandemia, o secretário de Educação de Lorena, Claudinei Bastos, exaltou que a unidade tem a estrutura necessária para atender as demandas dos alunos. “É uma creche muito bem estruturada, com a própria organização voltada especificamente para o atendimento de crianças de 0 a 3 anos”.

Bastos informou ainda que a partir desta terça-feira (17) as inscrições para as vagas das creches serão retomadas, e posteriormente, as matrículas serão abertas. Baseada nos indicadores da pandemia, a pasta ainda analisa a data para retorno dos atendimentos.

Além da inauguração da creche, foi anunciado um investimento no valor de R$ 3,7 milhões no programa Nossa Casa, que tem como intuito fomentar a produção de unidades habitacionais junto à iniciativa privada. Também foram entregues cinco escrituras de residências pelo Cidade Legal (programa de regularização fundiária do Estado).

Para Lorena, o governo estadual autorizou também a liberação de R$ 725 mil para a construção de uma UBS (Unidade Básica de Saúde), R$ 250 mil para a construção do Centro de Convivência do Idoso, e R$ 250 mil para a construção de um campo de futebol na Cecap pelo PEM (Programa Especial de Melhorias).

Cruzeiro e Canas também foram contempladas com liberação de verba pelo PEM, R$ 100 mil e R$ 50 mil respectivamente. O vice-governador também anunciou a retomada das obras do conjunto habitacional de Potim pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano).

Prefeito Sylvio Ballerini com o vice-governador, durante entrega de creche-escola; 150 vagas (Foto: Gabriel Mota)

Pinda – Mais de duzentos apartamentos da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) foram entregues no bairro Karina, no Distrito de Moreira César, nesta sexta-feira. Foram destinadas 167 unidades para famílias com renda até cinco salários mínimos, 24 para famílias com renda entre cinco e dez salários, 12 para idosos, 17 para pessoas com deficiência e oito para solteiros.

Outras oito unidades foram reservadas para trabalhadores da segurança pública que não tiveram inscrição aprovada, e por esta razão foram destinadas aos outros grupos.

Os apartamentos possuem dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área serviço com total de 58,3m². O valor do investimento total feito pelo Governo do Estado, através da CDHU, foi de R$ 19,3 milhões.
“Eu vim aqui especialmente em nome do governador Doria (PSDB) pra fazer a entrega oficial dos apartamentos que ficaram muito bonitos, eu cheguei e alguém me disse: ‘Rodrigo, esses apartamentos aqui tão (sic) melhores do que o de outra construtora, que tá fazendo aqui e vendendo caro pra população’. Aqui, a gente faz obra de qualidade com muita dedicação, e numa prestação que muitas vezes é menor do aluguel, cabem pra vocês que foram sorteados. E quando a gente fala de casa própria, fala de família, a gente fala de futuro”, comentou o vice-governador.

Vislumbrando novos empreendimentos, o prefeito de Pindamonhangaba, Isael Domingues (PL), enfatizou que está trabalhando para identificar novas áreas para futuras parcerias para expansão do programa habitacional com foco na redução do déficit habitacional.

Denúncias sobre possíveis irregularidades no empreendimento podem ser feitas na secretaria de Habitação de Pindamonhangaba, no escritório regional da CDHU localizado à rua Marechal Deodoro, nº 111, em Taubaté, ou pelo telefone (12) 2123-0666.

Por Bruna Silva / Gabriel Mota | Jornal Atos

Deixe um comentário