Operação atuou em mais de 2,8 mil ocorrências em 5 meses em Taubaté


A Operação Preservação da Vida realizada pela Vigilância Sanitária e Fiscalização de Posturas com o apoio da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar, através da atividade delegada, atuou nos 5 primeiros meses deste ano em 2.814 ocorrências.

Operação interviu em 492 festas clandestinas de Janeiro a Maio deste ano

Coordenada pela Secretaria Municipal de Segurança Pública, a operação realizou abordagens referentes aos descumprimentos do Plano São Paulo, como vistorias em estabelecimentos comerciais, festas clandestinas e abordagens.

De janeiro a maio deste ano a Operação vistoriou 460 estabelecimentos comerciais, como bares, adegas, lanchonetes e cantinas. Em janeiro, 78 estabelecimentos foram fiscalizados; no mês de fevereiro foram 85 comércios vistoriados; em março as equipes realizaram 127 vistorias; já no mês de abril 96 estabelecimentos foram vistoriados e em maio as vistorias aconteceram em 74 pontos comerciais.

Só no mês de Maio foram 118 festas irregulares interrompidas pelas equipes da Operação

Ao todo a Operação Preservação da Vida interrompeu 492 festas clandestinas em chácaras, salões e fluxos (aglomeração) nos meses de janeiro, fevereiro, março, abril e maio. Em janeiro 27 festas foram interrompidas; no mês de fevereiro foram 62 festas paralisadas; já em março as equipes interromperam 141 festas clandestinas; no mês de abril esse número subiu para 144 interrupções; e no mês de maio o índice atingiu a marca de 118 festas interrompidas.

As equipes também realizaram 1.862 abordagens nos 5 primeiros meses deste ano. Em janeiro 229 abordagens foram realizadas; no mês de fevereiro os números indicaram um aumento, foram 356 abordagens; em março 275 pessoas foram abordadas; no mês de abril o número saltou para 591 abordagens nos horários proibidos; e em maio 411 pessoas foram abordadas.

Até o momento, o mês de abril foi o que mais registrou ocorrências, incluindo vistorias a estabelecimentos comerciais, festas clandestinas e abordagens após o horário permitido, ao todo foram 831. Em contrapartida, o mês de janeiro apresentou o menor número, foram 334 ocorrências.

É importante destacar que existe uma variação nos números citados mês a mês devido às alterações dos períodos de restrições impostos pelas fases do Plano São Paulo. O relatório desta Operação teve início no dia 18 de janeiro. É fundamental a colaboração e conscientização das pessoas para evitar as aglomerações visando sempre a preservação das vidas.

Por Ascom PMT

Deixe um comentário