“É um psicopata, se puder ter reféns, se puder matar, ele vai”, diz secretário de Segurança de GO

Rodiney Miranda, secretário de Segurança de GO, destacou o uso de drones na captura do serial killer

Força-tarefa espera que assassino em série pode ser preso a qualquer momento | SBT/TV Serra Dourada

“É um psicopata, se puder ter reféns, se puder matar, ele vai”, disse em entrevista coletiva o secretário de Segurança Pública de Goiás, ao atualizar a situação das buscas ao assassino em série, Lázaro Barbosa, de 32 anos. Ele é o principal suspeito de cinco assassinatos. Quatro deles ocorreram na última semana, no Distrito Federal. Ele também é suspeito de ter atirado em três pessoas, invadido propriedades e incendiado uma delas.

O secretário de segurança pública de Goiás, o delegado da Polícia Federal Rodiney Miranda informou que está mais perto da captura do serial killer e que estão sendo utilizados drones na captura de Lázaro.

Lázaro se deslocou em direção a Águas Lindas de Goiás, município a 50 km de Brasília, nesta 5ª feira (17.jun). Os estrategistas da polícia organizam as buscas em quadrantes com uma tropa em cada local. “Nossa primeira intenção é não deixá-lo fazer mais dívidas”, disse Miranda.

A polícia trabalha há 9 dias na busca do assassino que já usou o mesmo modus operandi após cometer crimes na Bahia. ” Ele ficou 15 dias no meio do mato sem comida e sem água. Aqui ele tem alguns pontos de apoio, que são as chácaras”.

O secretário também informou que o caso de Lázaro deve gerar um novo olhar sobre o sistema de percepção criminal como um todo. “É necessário que a gente passa por uma reflexão, reformulação da norma para que isso não volte a ocorrer”, concluiu.

Deixe um comentário